Rio de Janeiro

Escrevo este post sobre o Rio de Janeiro em homenagem à minha amiga Luana, que vai ficar uns dias na cidade para curtir o Rock in Rio. Felicidades, Lua!

Estive no Rio em janeiro de 2009, com a Andréia, também para curtir o show do Elton John. Ficamos somente três dias e, além do show, fizemos o turismo “basicão”: Cristo Redentor, Bondinho do Pão de Açúcar, Praias de Copacabana e Ipanema, passeio pelo centro da cidade e chopp num barzinho da Lapa.

Elton John foi o que nos levou ao Rio em 2009

Depois de desembarcar no Aeroporto do Galeão, pegamos o “frescão”. Calma, Lua, estou falando do ônibus que, por cerca de R$ 7,00 (sete reais) nos levou até Copacabana. Hoje parece-me que custa R$ 9,00. É beeeem mais econômico que o táxi e passa pelos bairros do Centro, Aeroporto Santos Dumont, Botafogo, Flamengo, Copacabana, Ipanema, Leblon e Barra, entre outros. É só dizer ao motorista onde você quer descer.

Uma vez instalados no confortável Copacabana Mar Hotel, a quatro quadras da praia e bem perto do Copacabana Palace, saímos para “bater perna” pelo bairro. Almoçamos por ali e ficamos o fim de tarde tomando chopp numa barraca da praia.

Hotel Copacabana Mar

A imponência do Copacabana Palace
Apesar do histórico de violência do Rio de Janeiro, Copacabana parece ser um bairro mais tranquilo. É grande o número de idosos e turistas caminhando pelas ruas do bairro e em nenhum momento nos sentimos ameaçados nem ficamos com medo de assaltos.

 

O famoso calçadão de Copacabana
No dia seguinte fomos conhecer o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Como não há estação de metrô próxima ao Cristo e não é longe de Copacabana, decidimos ir de táxi mesmo. A corrida custou apenas R$ 11,00. Chegando ao Cristo, acho que pagamos R$ 35,00 para subir o morro no Trem do Corcovado. A subida é bem divertida, com o trem cheio de estrangeiros e um sambinha pra animar.
Atualmente o ingresso do trem é de R$ 43,00. De van, deve ser cerca de R$ 20,00.
 Painel do Trem do Corcovado
 Só turista estrangeiro
De dentro do trem já se tem uma vista bacana

Depois de descer do trem ainda há muita escadaria pra subir. Pelo caminho há alguns restaurantes e lojas com lembrancinhas, caso queira parar e descansar. Só não aconselho a comprar nada, pois o preço lá é pra turista internacional e endiheirado!

 Tem escada rolante pra chegar lá!
E o Cristo nos recebe de braços abertos
Ao chegar lá em cima é impossível não se emocionar. Não só pela imagem do Cristo, mas de toda a cidade aos seus pés. A vista é magnífica e você se sente privilegiado de estar ali. Só não faça o passeio num dia chuvoso ou muito nublado pra não estragar a bela visão da cidade.
 
Se tem uma coisa que incomoda no passeio ao Cristo Redentor é a quantidade de turista. É praticamente impossível tirar uma foto em que não apareçam dezenas de pessoas. Tem que enquadrar bem para conseguir uma boa foto “exclusiva”.
Andréia, Cristo e dezenas de penetras na foto. Humpf!
Saindo do Cristo pegamos um táxi e fomos ao Pão de Açúcar. A corrida custou R$ 12,00. Atenção ao pegar táxi: nos pontos turísticos é comum o taxista querer “aplicar” e querer acertar um valor muito mais alto antecipadamente . A dica é caminhar um pouco mais e pegar um táxi fora da atração turística. Um taxista no Pão de Açúcar queria nos cobrar R$ 20,00 pra uma corrida que, em outro táxi, paguei somente R$ 6,00!!!

 

Bondinho do Pão de Açúcar
Pegar o bondinho para o pão de açúcar é mais caro que o trem do corcovado, mas é um passeio imperdível. Acho que paguei R$ 44,00 em 2009. Atualmente custa R$ 53,00. Mas não tem como ir ao Rio e não fazer esse passeio. A vista de lá também é deslumbrante!
 O bondinho, pra variar, também é lotado de turista!
A vista é magnífica
 
Depois dos “passeios obrigatórios” no Cristo Redentor e Pão de Açúcar, fomos almoçar no Shopping Rio Sul, no bairro de Botafogo, ali perto. Mais tarde ainda deu tempo de conhecer a Praia de Ipanema, lotadíssima, e tirar umas fotos na Pedra do Arpoador.
 Praia de Ipanema, domingo à tarde. Haja areia pra tanta gente!
No alto da Pedra do Arpoador, com a praia de Ipanema ao fundo
À noite saímos para conhecer a Lapa, famoso bairro boêmio carioca. Iríamos de metrô, mas por recomendação de um funcionário do hotel, que nos disse que seria perigoso andar da Cinelândia até a Lapa, decidimos ir de táxi mesmo. A corrida custou R$ 17,00.
A Lapa é famosa por seus arcos e por seus bares. A Avenida Men de Sá é repleta deles, cada um melhor que o outro. Como não tínhamos referência de que bar frequentar, ficamos num logo no começo da rua e que nos pareceu aprazível: o Boteco da Garrafa. Cerveja gelada, tiragosto gostoso e  bom atendimento pra fechar a noite de um dia maravilhoso.
Na segunda-feira, 19 de janeiro, finalmente o tão esperado show. Elton John se apresentaria à noite, no sambódromo. Aproveitamos a manhã para ir ao centro da cidade provar as delícias da centenária Confeitaria Colombo.
Confeitaria Colombo
Na volta ainda deu tempo de se refrescar nas geladas águas da praia do Leblon.

À noite pegamos um metrô lotaaaado para ir ao show. Como queríamos chegar cedo, saímos justamente na hora do rush. E tome aperto! Mas valeu a pena porque ficamos bem pertinho do palco, olha só.

O show de abertura foi do James Blunt e posso dizer que foi muito melhor do que eu esperava. O cara foi extremamente simpático e tocou muito! Indício do showzaço de Sir Elton que estava por vir.

Por precaução, levamos apenas a máquina fotográfica “peba” da Nicole, uma compacta antiga de 5.0 Megapixels e apenas 3X de zoom. Mesmo assim conseguimos algumas fotos legais.

James Blunt inicia o show
Close possível apenas pela proximidade que estávamos do palco
 Andréia gostou
Encontramos o Ari
O grande astro da noite: Sir Elton John
 
2h30 de show!!!!!
Son of a…
You are The Number One!
Assim terminou minha mini-jornada de três dias pelo Rio de Janeiro, em alto estilo. Espero voltar em breve pra passar pelo menos uma semana pra mostrar o basicão pra Nicole e conhecer boa parte do que faltou. Boa viagem e bom show pra Lua!

2 Responses

  1. Luana
    Luana at |

    Amei, amei demais! Suas dicas certamente serão valiosas, principalmente pq tb vamos passar apenas 4 dias, sendo 1 exclusivo para o Rock in Rio. Valeu! Beijão.

    Reply
  2. Viagem e Viagens
    Viagem e Viagens at |

    Adorei! Era isso que eu estava procurando! 😉

    Reply

Leave a Reply