Parque das Aves em Foz do Iguaçu

 

Foz do Iguaçu é mesmo um destino para quem ama a natureza. Como se não bastassem as Cataratas do Iguaçu, a cidade nos presenteia com um parque que vão deixar os amantes das aves e da fotografia em êxtase: é o Parque das Aves, um zoológico especializado em aves, criado em 1994, que tem hoje em seu acervo mais de mil aves de 130 espécies diferentes, além de borboletas e répteis.
compacta8_thumb
O Parque das Aves está localizado a poucos metros de distância do Parque das Cataratas, por isso o ideal é marcar os dois passeios para o mesmo dia, começando pelo Parque das Aves, que abre às 8h30. A visita, dependendo do seu ritmo e do seu interesse, demora entre uma e duas horas.
blog-252520parque-252520das-252520aves-2_thumb
Durante o passeio, em trilha calçada de 1.500 metros, o visitante tem a oportunidade de entrar em alguns viveiros e ter contato direto com alguns animais. Lá dentro dá pra sentir sobre suas cabeças o vento provocado pelo voo rasante das araras . A propósito, o Parque das Aves detém o título de maior viveiro de araras da América do Sul.
IMG_9587_thumbesse animalzinho fez xixi na minha mão!
Em quase todo o percurso, é comum deparar-se com os tucanos que nos acompanham no trajeto, quase que implorando para serem fotografados. É preciso ter certo cuidado para não levar uma bicada, mas em geral eles são dóceis e  permitem a aproximação do visitante até para uma foto tete à tete.
compacta3_thumbde papo com o tucano
compacta1_thumb
a Nicole virou amiga do tucano que nos acompanhava
Muito dos animais ali presentes são de espécies em extinção, em sua maioria resgatadas de traficantes de aves. Como não há possibilidade de devolvê-los à natureza novamente, o parque desenvolve pesquisas com a finalidade de reproduzir essas espécies em cativeiro. E o projeto tem dado certo, tanto que 43% das aves nasceram em cativeiro.
flamingo_thumb-25255B1-25255Da incrível leveza do flamingo
O borboletário, apesar de pequeno, abriga uma grande variedade de borboletas e beija-flores. Deu vontade de ficar ali por horas, esperando o momento exato para fotografar um beija-flor, mas como eu tinha programado o passeio às cataratas para depois do parque, a visita teve que ser relativamente rápida.
compacta5_thumb
a pequena borboleta na hora do lanche
blog-252520parque-252520das-252520aves-3_thumb-25255B1-25255D
só consegui uma foto meia-boca de um minúsculo beija-flor
Ao fim da trilha, é possível fazer uma foto com uma arara ou com uma cobra jibóia. Como era de se esperar, a fila pra tirar foto com a arara era bem maior, mas em poucos minutos já chega a sua vez. Tenha cuidado com óculos, pulseiras e outros objetos, porque a arara mete o bico.
blog-252520-252520parque-252520das-252520aves_thumb
a arara queria os óculos da Nicole…
blog-252520parque-252520das-252520aves-6_thumb
…e a pulseira da Andréia
blog-252520parque-252520das-252520aves-8_thumb
pra ela ficar quieta, só sem nenhum adorno no corpo
No final do passeio, antes de sair do parque, o visitante passa por uma lojinha cheia de produtos relacionados ao parque das aves, como bichinhos de pelúcia, camisetas, ímãs de geladeira e uma série de produtos artesanais. É sempre bom levar uma lembrancinha pra casa.
IMG_9814_thumb
Adorei o passeio e recomendo muito, principalmente para quem está com crianças.

Leave a Reply