Os encantos de Würzburg, na rota romântica alemã

Würzburg é a cidade que dá início à Rota Romântica alemã, um trajeto de 410 km que passa por 28 cidades medievais e que termina em Füssen, no sul da Alemanha. Já falei sobre a rota romântica no post Roteiro pela Rota Romântica da Alemanha.

 
Esta linda cidade medieval teve seus primeiros registros de ocupação humana em 1.000 a.C., mas foi na Idade Média que se construíram muitas das principais atrações da cidade, como a MarienKapelle, a Catedral de Würzburg,  a ponte Alte Mainbrucke, a Universidade e a Fortaleza Marienberg.
 
wurzburg-252520-252520alte-252520mainbrucke-1_thumb-25255B5-25255D A ponte de pedra Alte Mainbrucke
A cidade teve 90% do seu território destruído durante a Segunda Guerra Mundial. Mais de 5 mil pessoas morreram nos bombardeios e no grande incêndio que se seguiu, mas teve seus prédios completamente reconstruídos a partir dos anos 1950.
 
Chegamos a Würzburg às 18h de uma terça-feira, vindo de Frankfurt. Fizemos nosso check in no City Hotel Meesenburg (diária de R$ 225,00) e fomos procurar um estacionamento público para guardar o carro. Encontramos um na Karmelitenstrasse, a uns 700m do hotel. Deixamos o carro lá e só retiramos às 16h do dia seguinte. Custou 11 euros esse período.
 
 hotel-252520em-252520wurzburg-1_thumb-25255B2-25255D nosso hotel em Würzburg
A hospedagem no City Hotel Meesenburg foi satisfatória. Pesquisamos vários hotéis e achamos que foi um bom custo-benefício. A boa localização do hotel nos permitiu fazer todos os passeios pelo centro a pé, e achamos que a qualidade do sono foi muito boa. Café da manhã e wifi foram oferecidos gratuitamente. De ruim, só o fato de que o hotel não tem elevador e tivemos que subir as escadas carregando nossas malas.
 
Para pesquisar hotéis em Würzburg e em várias cidades ao redor do mundo, uma dica é usar o Trivago, um site que compara preços de hotéis em mais de 200 sites de reserva e que certamente encontrará o menor preço pra você.
 
Depois de devidamente acomodados, saímos para aproveitar a noite. A maioria dos bares e restaurantes estão distribuídos ao longo da rua Karmelitenstrasse, como o Irish Pixie Pub e o Enchilada, e na rua Juliuspromenade, como o Fuego e a Trattoria Lugana. Alguns restaurantes que ficam às margens do Rio Main, como a Pizzaria Locanda, tem a vantagem de ter uma bela vista do rio e da Fortaleza Marienberg. Há vários outros nas diversas ruas que ficam no entorno, o ideal é andar um pouco e escolher o que melhor lhe convier.
 
 marcio-252520andreia-252520-2525281-252520de-2525201-252529-2_thumb-25255B3-25255D nosso primeiro chopp na Alemanha foi no Fuego
 fortaleza-252520marienberg-1_thumb-25255B1-25255D Vista do Rio Main e da Fortaleza Marienberg, na Pizzaria Locanda
No dia seguinte saímos para caminhar pelo centro. Começamos pela Alte Mainbrucke, a ponte de pedra que corta o rio Main e cuja construção iniciou-se em 1473. A ponte é decorada com 12 imagens de santos e governantes e é um dos principais cartões postais da cidade. De lá se tem a melhor vista da Fortaleza Marienberg, no alto da colina.
 
 wurzburg-252520-252520alte-252520mainbruck-1-5_thumb-25255B2-25255D St. Killian, um dos santos da Alte Mainbrucke
Seguimos pela avenida Domstrasse até a imponente Catedral de St. Kilian que, apesar de ter sido quase que completamente destruída na Segunda Guerra, foi totalmente restaurada e tem um interior muito bonito em barroco. Ali ao lado encontra-se o Museum am Dom e logo à esquerda outra bonita igreja: a Neumünster Kirche, construída no século XI e facilmente identificada por sua linda fachada em arenito vermelho.
 
 wurzburg-252520-252520alte-252520mainbruck-1-13_thumb-25255B3-25255D A caminhada até a catedral é bem curta
wurzburg-252520-252520centro-1-37_thumb-25255B1-25255D centro de Würzburg
 wurzburg-252520-252520centro-1-9_thumb-25255B3-25255Dprédio da Rathaus (prefeitura)
wurzburg-252520-252520centro-1-20_thumb-25255B3-25255D Neumünster Kirche
Para quem não resiste a umas comprinhas, o comércio é bem movimentado e tem lojas como Loccitane, Zara, Galeria KaufHof, várias lojas de departamentos e supermercados. Aproveitamos que há lojas de celular próximo à igreja e compramos nossos chips de internet.
 
Continuamos a caminhada e fomos até o Residenz. Esse lindo palácio barroco construído em 1720 serviu de residência para os príncipes-bispos de Würzburg e é patrimônio da humanidade pela Unesco desde 1981. No interior do prédio destaca-se  a imensa escadaria do hall principal, sobre a qual fica um maravilhoso afresco, obra do veneziano Giovanni Battista Tiepolo. Dentre os quase 400 cômodos, impressionam a sala do imperador e a sala dos espelhos. O Residenz abre às 9h e a entrada custa 7,50 euros. Infelizmente, não é permitido fotografar no interior.
 
wurzburg-252520-252520residenz-1-6_thumb-25255B4-25255D Residenz: lindo por dentro, mas fotos só no exterior
De lá seguimos para a MarktPlatz, onde havia uma feirinha de frutas, flores e lanches. Na região tem várias lojas de artesanato e um centro de atendimento ao turista, além da igreja mais famosa da cidade, a MarienKapelle. A igreja começou a ser construída em 1377 e só foi finalizada em 1480.
 
  wurzburg-252520-252520marienkapelle-1-2_thumb-25255B1-25255D
MarienKapelle
wurzburg-252520-252520centro-1-18_thumb-25255B1-25255D St. Killian Catedral
Depois de perambular mais um pouco pelo centro, pegamos o carro no estacionamento e seguimos para a Fortaleza Marienberg. A fortaleza é linda e tem uma vista fantástica da cidade. A entrada é gratuita e o estacionamento custou 3 euros.
 
wurzburg-252520-252520fortaleza-252520marienburg-1-15_thumb-25255B2-25255D  Fortaleza Marienberg
 wurzburg-252520-252520fortaleza-252520marienburg-1-19_thumb-25255B2-25255D Fortaleza Marienberg
 wurzburg-252520-252520fortaleza-252520marienburg-1-4_thumb-25255B6-25255D Antes de entrar na parte amuralhada da Fortaleza vi esse cenário que parece uma pintura
 wurzburg-252520-252520fortaleza-252520marienburg-1-40_thumb-25255B1-25255D A vista lá de cima é linda, dá pra ver quase toda a cidade
wurzburg-252520-252520fortaleza-252520marienburg-1-39_thumb-25255B3-25255D A MarienKapelle se destaca entre as demais construções
Depois, seguimos para o nosso segundo destino da rota romântica: Rothenburg ob der Tauber, a cidade mais bonita da rota romântica. Mas isso é assunto para outro post.

4 Responses

  1. Wesley Andrade
    Wesley Andrade at |

    Linda a cidade! Fiquei doido de vontade de ir! É tanta cidade legal que vou precisar de umas 3 vidas pra conhecer tudo o que quero na Europa! rsssss

    Reply
  2. marcioraimundo
    marcioraimundo at |

    Tenho o mesmo sentimento, Wesley. A cada cidade visitada vemos que existem outras 30 que precisamos visitar também. Haja vidas (e dinheiro) para conhecer tudo, rsrsrs

    Reply
  3. Boia Paulista
    Boia Paulista at |

    Oi, Márcio. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Boia – Natalie

    Reply
  4. marcioraimundo
    marcioraimundo at |

    Obrigado, Natalie.

    Fico feliz de, mais uma vez, ter sido selecionado. Sempre uma alegria imensa.

    Reply

Leave a Reply