Noites de Jazz em Nova York

Os versos de Frank Sinatra em New York, New York retratam bem a essência da cidade: the city that never sleeps. E opção é o que não falta para curtir a noite: teatros, bares, pubs, restaurantes, shows, lojas, passeios…

No quesito música, se existe um estilo musical pra definir Nova York, esse estilo é o jazz. Só em Nova York é possível apreciar um bom jazz, de graça, nas esquinas, parques ou estações de metrô da cidade, tocado por um saxofonista qualquer. Mas são nos diversos bares e casas de shows que se aprecia o melhor desse estilo musical.

birdlandFachada da Birdland

Em nossa viagem em outubro/2011, conheci duas das melhores casas de jazz de Nova York: a Birdland e a Blue Note e passo a compartilhar com vocês nossas noites de jazz em Nova York.

birdland new york

Antes de viajar, pesquisamos no site da Birdland (www.birdlandjazz.com) os preços, horários e programação. Compramos on line os ingressos para o show de James Carter Organ Trio. É possível comprar lá, mas por precaução decidimos nos antecipar.

birdlandJames Carter Organ Trio

A Birdland fica na 44th Street, pertinho de onde estávamos hospedados. Fomos caminhando e ficamos em uma mesa em frente ao palco. O som estava perfeito e tomamos muitas cervejas.

Espia só o que o James Carter faz com o sax (video do youtube)

O show teve uma participação especial dessa cantora aí abaixo, que tinha um vozeirão, mas infelizmente não sei o nome.

birdland
birdlandVinícius, companheiro de boemia

Na noite seguinte fomos ao show na Blue Note, onde também tínhamos comprado ingresso pela internet (www.bluenote.net) para ver o show de David Sanborn Trio. A Blue Note fica na 4th Street, bem longe do nosso hotel, então fomos de metrô. Logo na saída do metrô já avistamos a casa de show. Juro que não tinha percebido o piano gigante na entrada:

blue-note(foto da internet)
bluenote

Logo na entrada deu pra perceber que a Blue Note era bem mais estilosa que a Birdland, com algumas pessoas chegando em limusines. Local de apresentações memoráveis, foi eleita em 2008 a melhor casa noturna de Nova York.

bluenote
bluenote

A casa estava lotada e chegamos um pouco tarde, por isso ficamos em uma mesa na lateral do palco. Ainda assim o Vinicius conseguiu boas fotos (a maioria das fotos nesse post são dele). Olha só essa do David Sanborn:

david-sanborn

Começamos tomando uma garrafa de vinho e depois partimos pras cervejas. Era o início de uma noite de muita bebedeira.

vinho
bluenote
No final do show compramos alguns CD’s e aproveitamos para “tietar” os músicos e tirar uma foto. Pena que o David Sanborn não apareceu.
jazzVinicius, Byron Landham (bateria) e Joey DeFrancesco (órgão)
jazz2também tirei foto com os músicos
jazz3Fim de noite, com o bar vazio
Sabia que David Sanborn é um dos maiores saxofonistas do mundo? Ouça um pouco no vídeo abaixo:
Depois do show, por volta de meia noite e meia, voltamos de metrô para Midtown. Ainda deu tempo de encher a cara num pub irlandês para curtir nossa última noite na cidade. Like Sinatra, I want to be a part of it!
pub

Leave a Reply