Curaçao – o Making Off da viagem

Nossa viagem para Curaçao teve início no dia 01 de junho de 2012 quando, aproveitando uma promoção anunciada no Melhores Destinos, compramos nossas passagens Brasília-Curaçao (ida e volta) por R$ 821,00 mais taxas. O embarque seria em 26 de junho, ou seja, a partir daquele momento, teríamos apenas 25 dias para organizar tudo: compra de hotel, aluguel de carro, estudo do destino, preparação do roteiro, compra do trecho Maceió-Brasília…

Curação, nosso destino no Caribe

Não costumo comprar passagens com muita antecedência, tipo oito meses antes de viajar, mas essa foi a viagem com menos espaço de tempo entre a compra e o embarque que já fiz. E posso dizer: é preciso um pouco de sorte para que  tudo dê certo. Afinal, encontrar bons hotéis e bons preços com tão pouca antecedência é complicado.

Durante a meia hora em que eu estava decidindo se compraria ou não as passagens, fui me inteirando sobre o destino que eu ainda mal tinha ouvido falar. Percebi que não há muitos blogs falando sobre Curaçao, e os dois que me salvaram foram o Viaje na Viagem e o Falando de Viagem. O primeiro, com muitos relatos de viajantes e o segundo com muitas fotos e impressões sobre a viagem que fizera. Aos dois, desde já, meu muito obrigado.

Passagens compradas, comecei a garimpar hotel (é claro que antes de comprar as passagens eu já tinha olhado o hoteis.com para saber se tinha hotel disponível para o período, bem como o preço das diárias). Das opções que vi achei o melhor custo-benefício o Hilton Curaçao. Sairia R$ 225,00 a diária num hotel bem localizado, com duas praias particulares, três piscinas, quatro restaurantes, academia, sauna, mini-golfe… Achei a tarifa barata para o padrão do hotel. Tanto que paguei um pouco mais – R$ 255,00 – para ficar num quarto com vista para o oceano. Já que era pra ir pro Caribe, queria ver o por do sol da varanda do apartamento!
Olha a vista da varanda do apartamento. Nem dá vontade de sair do quarto!
Passei, então, à busca por passagens Maceió-Brasília a preços módicos. Apareceram algumas promoções da Gol e da TAM, mas nenhuma para as datas que eu precisava. A única que se encaixou foi uma da gol com desconto de 20%, mas só para junho. Comprei o trecho Maceió-Brasília por R$ 150,00. Faltava, agora o trecho de volta. Esperei até os 45 do segundo tempo por uma promoção, mas não teve jeito. Acabei desembolsando (puto da vida) 10 mil pontos TAM Fidelidade pelo trecho de volta. E logo num período em que a Gol oferecia Maceió-Buenos Aires por 3 mil pontos o trecho!!!
Depois de comprado o hotel, hora de estudar bastante o destino para preparar o roteiro. Pelo pouco tempo disponível, acho que foi o roteiro mais rápido que já fiz. E, a medida que ia fazendo, fui descobrindo que os oito dias de estada em Curação – que no primeiro momento achei que seria tempo demais – acabariam se tornando escassos para tantas atividades.
O propósito maior da viagem seria nadar com os golfinhos na Dolphin Academy. Para isso, mandei e-mail pedindo informações e solicitei a reserva. A resposta foi rápida e já deixamos agendada nossa aventura, que seria o ponto alto da viagem.
Nado com os golfinhos: momento especial
Cotei o aluguel do carro pelo Expedia e fiz a reserva de um carro compacto econômico, com ar, por U$ 195 pelos oito dias. Achei um preço ótimo, até porque não paguei nenhum acréscimo na hora de pegar o carro, já que escolhi não fazer nenhum seguro (o meu cartão Visa Platinum cobre os seguros).
Depois de tomadas todas as providências, inclusive tomada a vacina contra a febre amarela – veja aqui os cuidados que devem ser tomados antes de viajar – zarpamos para Brasília no dia 25 de junho. Decidi ir um dia antes para não correr o risco de perder o voo para Curação. Aproveitamos para fazer um city tour pela Capital e rever nossos amigos Luana e Augusto.
Sede do Congresso Nacional

Na terça-feira, 26 de junho, chegamos cedo ao aeroporto de Brasília para nosso voo até Curaçao. A empresa era a Avianca-Taca e teve conexão em Bogotá. Chegamos em Curaçao às 18h40, horário local, com o sol ainda alto (o sol começava a se por depois das 19h30).
Depois de pegar o carro na Budget, fomos para o hotel. A partir dali seriam oito dias de muita diversão. Mas isso já é assunto para outros posts 😀

Leave a Reply